quinta-feira, 24 de maio de 2018

Internauta expressa sua indignação com o governo Temer

Que País é esse?
Joseane Brasil

O programa de governo do PT é completamente diferente do programa de governo do MDB (PMDB)/PSDB. O PT priorizava a igualdade social tinha programas voltado pra isso, enquanto esse governo entreguista além de entregar o patrimônio brasileiro pro capital estrangeiro só beneficia aos ricos. Perdoa dívidas bilionárias a bancos e grandes empresas, enquanto isso as pequenas empresas, maiores geradoras de empregos fecham as portas. O golpe só deu certo pra elite, por isso lutaram por ele manipulando a população e tiveram o apoio que precisavam pro golpe. Quem elegeu Dilma elegeu Temer, mas quem colocou Temer no poder foi quem apoiou o golpe. Se dependesse dos eleitores de Dilma ela ainda seria presidente e  teria tirado o Brasil da crise se o Congresso de corruptos tivesse deixado. Estamos sofrendo as consequências de uma escolha errada, vamos admitir, o Brasil não virou o paraíso que prometeram com a saída de Dilma, pelo contrário cada dia fica pior. "Ah mas é herança maldita do PT" Pesquise o PIB no período do PT. E as reservas deixadas por Lula e Dilma que o Temer tá torando? O PT errou, mas erro maior é aceitar um golpista que está destruindo nosso país.

Entre os pré candidatos presidenciáveis tem um nordestino

É do Nordeste

Ciro Gomes (PDT), ex. Governador, ex. Ministro, é um dos pré candidatos a presidente da república nas eleições de Outubro de 2018.
O Brasil, entre os pré candidatos que se apresenta "Ciro" terá chances de chegar ao poder da república depois da prisão e impedimento do ex. Presidente Lula, que cumpre pena. Entre os nomes Geraldo Alckmin, Jair Bolsonaro, Henrique Meirelles, Marina Silva, Álvaro Dias. etc... E outros candidatos que oficializarão por seus partidos.
Cearense, com entrevistas polêmica o nordeste ainda tem uma vasta força de votação desde o mandato dos ex. Presidentes "Lula e Dilma" e agora mais uma vez o povo irá as urnas em Outubro/2018.

quarta-feira, 23 de maio de 2018

O Brasil agradece a justiça brasileira

Pais em busca da Justiça!

Desde o surgimento do MENSALÃO, o povo brasileiro tem acompanhado as prisões de autoridades política, empresários, doleiros, que saquearam a Petrobrás.

Vídeo. Barro Duro futura cidade

Emancipação Política Administrativa de Barro Duro. Brasília

Comissão Barro Duro, cidade acompanha nesta quarta feira (23),  na Camara Federal a aprovação e discussão entre os deputados os 400 povoados de todo Brasil, que poderão se tornar cidade.


Como se apresenta o Maranhão para governo do estado

Maranhão nessas eleições

217 municípios maranhenses terão suas escolhas entre os pré-candidatos Flavio Dino, que lutará pela continuação da reeleição, Roseana Sarney, tentando voltar ao poder depois de triste índices no seu último mandato quando esteve no comando do estado entre os anos 2011 a 2014, Roberto Rocha, em 2014, esteve ao lado de Flávio, Ricardo Murad, ex. Secretário de Roseana, Braide atual Deputado Estadual e ex. Candidato a prefeito de São Luis. Ambos os lados são fortes concorrentes ao governo do Maranhão. Prefeitos, vereadores, lideranças, ex.gestores, população, acompanharão as disputas acirradas mas já bem notório que uma força da elite que já esteve por mais de 40 anos no comando do Maranhão. O povo maranhense julgará nas urnas quem entre eles será o melhor no comando do Maranhão.

Qual é o Brasil que ouviremos nessas eleições

Eleições 2018
Os estados, municípios, receberão as visitas dos candidatos copa do mundo. Muitos cumpriram suas promessas de 2014, outros só estão retornando nessas eleições. O povo brasileiro usarão a força soberana nas urnas para escolherem seus representantes em defender o Brasil, Estado, que queremos.

quarta-feira, 16 de maio de 2018

Setores prioritários no governo do Maranhão - Saúde e Educação

Orçamento da Saúde aumenta 26% entre 2014 e 2018; Educação também tem salto

Hospital Macrorregional de Caxias
Com medidas de fiscalização, gestão fiscal, democratização e acompanhamento racional do orçamento público, o Governo do Maranhão tem garantido mais investimentos em todos os setores prioritários, com destaque para Saúde e Educação.
De acordo com dados da Secretaria de Estado de Planejamento e Orçamento (Seplan), a Saúde recebeu incrementos que permitiram a reestruturação da rede estadual de atendimento, com inauguração de sete novos grandes hospitais no interior e na capital, além de reforço nas unidades em 19 regiões do Maranhão.
Cabe ressaltar o incremento de 26% na comparação entre os anos de 2014 e 2018, partindo de R$ 1,76 bilhão para R$ 2,22 bilhões nas Leis Orçamentárias desses exercícios”, explica o subsecretário de Planejamento e Orçamento, Marcelo Duailibe.
O subsecretário explica, ainda, que o atual o orçamento destinado à Saúde passou por mudanças em relação a gestões anteriores.
Até o ano de 2014, os valores da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) eram computados na Saúde, visto que a empresa era vinculada ao sistema de saúde, passando para a Secretaria de Cidades a partir de 2015. Somente em 2017, foram empenhados, no âmbito da Caema, R$ 104,6 milhões. Devemos considerar também que, a partir de 2016, todos os investimentos da Saúde foram transferidos à Secretaria de Estado da Infraestrutura, restando à Secretaria de Saúde apenas os gastos com Pessoal e Custeio que superam os valores constitucionais” acrescenta.
Na Educação, o Governo do Maranhão investiu percentual histórico. Na comparação entre os orçamentos dos anos de 2014 e 2018, o total passou de R$ 1,6 bilhão para R$ 3,28 bilhões, com destaque para o Programa Escola Digna e a realização de concursos públicos, além dos aumentos salariais que dão aos professores da Rede Estadual Maranhense, a melhor remuneração do país.
Democratização do orçamento
Além do Incremento dos investimentos em relação a governos anteriores, o Governo elevou o orçamento de 2018 em relação ao ano passado.
Na Educação a ampliação orçamentária equivale a 23,7%, com investimentos passando de R$ 2,65 bilhões em 2017 para 3,28 bilhões neste ano.
No orçamento da Segurança Pública, o governo aumentou os investimentos em 19,6%, passando de R$ 1,6 bilhão em 2017 para 1,9 bilhão em 2018. Já na Saúde, a proposta é de aumento de 16,9%, levando em consideração a política de expansão da rede hospitalar.
O Governo também destinou mais recursos para o saneamento básico, com incremento de R$ 88,3 milhões (crescimento de 16,4% em relação a 2017); R$ 20,9 milhões em Ciência e Tecnologia (27,9% em relação a 2017), além de um vasto conjunto de concursos públicos e seletivos para diversas áreas governamentais.
Os investimentos em áreas prioritárias, foram escolhidos por meio de ferramenta de democratização na aplicação dos recursos.
Com o mesmo compromisso realizado no primeiro ano de governo, nós elaboramos a proposta orçamentária considerando as prioridades definidas nas 15 Escutas Territoriais, bem como aquelas advindas da votação na plataforma digital. Este processo, além de tornar o orçamento mais participativo e democrático, possibilitou que os cidadãos de todas as regiões do nosso Estado pudessem eleger as suas prioridades e influenciar diretamente no processo de alocação dos recursos públicos na peça orçamentária”, comentou o governador Flávio Dino ao explicar o aumento de investimentos no Estado.
Minard