quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Datafolha nesta madrugada aponta 52% Dilma 48% Aécio Neves tecnicamente empatados



Dilma continua com 52%, ante 48% de Aécio; empate técnico permanece


Flavio Dino com Dilma
Divulgada nesta madrugada, a nova pesquisa do Instituto Datafolha mostrou praticamente os mesmos números do levantamento anterior, publicado na segunda-feira. No mais recente levantamento, Dilma Rousseff, candidata à presidência aparece com 52% dos votos válidos, enquanto seu adversário, Aécio Neves, presidenciável do PSDB, detém apoio de 48% do eleitorado.
Neste contexto, permanece o empate técnico entre os dois candidatos considerando o limite máximo da margem de erro, de 2 pontos porcentuais. Se considerados os votos totais, os números mudaram ligeiramente, com Dilma subindo para 47%, de 46% na pesquisa anterior, e Aécio mantendo 43% das intenções de voto. Já os votos brancos e nulos oscilaram de 5% para 6%, enquanto os indecisos caíram de 6% para 4%.
Contratada pela Folha, a pesquisa ouviu 4335 eleitores nesta terça feira, em 256 municípios de todo o país. A pesquisa está registrada no TSE sob o número BR 1160/2014. Marrapá.

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Balanço nos grupos de Tutóia aconteceu após a visita do governador em maio de 2014



Visita de Flávio Dino no mês de maio de 2014 balançou a estrutura da base governista no poder legislativo em Tutóia!




O que seria somente uma agenda de pré-campanha no mês de maio  na AABB, de Tutóia,  hoje eleito governador  em sua visita Flávio Dino, acabou sucedendo um racha no governo municipal com vereadores que eram da sua base aliada.

Cinco dos principais na época que compareceram no palanque do governador forçou o presidente da casa legislativa realizar uma eleição antecipada para o dia 21-05-2014, onde o atual presidente percebeu a perca de espaço com os seus ex. aliados na época. Os que faziam composição da base e estiveram presentes no encontro com Flávio Dino.

Vereadores presentes: 

Enilson Santos(PP), Zé Orlando(SDD), Pedro Agripino(PSB), Binha(PRB), Elias(PSC), Antonio Chico(SDD).

Foi uma gota dágua para o presidente da casa, entender que haveria de realizar uma eleição antecipada de acordo com seu regimento. Mas foi um escorregão na casca da banana onde cinco vereadores não seguiram as decisões do presidente da casa. 

A novela da eleição em maio/2014

Como já tinha dois vereadores da oposição, ZÉ ORLANDO E CRISTIAN NORONHA, o grupo se integrou com mais cinco, formando sete. Foram eles: JEAN DE SERIEMA, PEDRO AGRIPINO, ELIAS, BINHA, ZÉ ORLANDO, CRISTIAN NORONHA, ANTONIO CHICO.

Uma semana confinados foi o período que obtiveram e chegaram somente no dia da eleição, quando houve a tentativa da suspensão da eleição pelo atual presidente e foi negado pelo juíz de direito da comarca de Tutóia, Dr. Rodrigo Terças, com uma liminar que derrubava a revogação do presidente da casa legislativa, a não realização da mesa diretora, mas a justiça concedeu legítima.

Na mesma data do dia 21-05-2014, a sessão foi esvaziada pelo Sr. presidente e sua base, somente ficou na plenária da casa os sete vereadores da oposição e um da situação vereador ZÉ DE MAR. mas a novela continuou seus capítulos entre ex. aliados e base do governo. Em números de cadeiras somente o vereador JEAN, retornou para a base onde até pouco tempo fazia parte do grupo de oposição.

Querendo dá uma volta por cima!

As tentativas do presidente da casa e do executivo após a eleição deu-se início uma guerra até 2016, quando um suplente de vereador entrou com uma representação contra o seu próprio companheiro de partido(PRP), CRISTIAN NORONHA(PRP) foi notificado alegando por incompatibilidade de funções. Agindo de forma correta nos tramites da justiça o VEREADOR CRISTIAN. consegue apresentar suas defesas ainda no prazo previsto de oito dias.

A guerra só iniciou no parlamento municipal. E na sessão passada 15/10, o vereador que se defendia de uma cassação, CRISTIAN NORONHA, foi taxado em sua função de legislador como estivesse fazendo só mais um bico como vereador por essa casa. Afirmou o presidente. 

O parlamento municipal demostra que muitas águas ainda vão rolar até no final de 2016.

                 Vereadores na composição da mesa, Enilson Santos, Zé Orlando, Elias, Pedro Agripino, Binha.
                                         Foto oficial após o desfazer da mesa com várias lideranças


A Equipe de Transição anunciada pelo governador eleito Flávio Dino ainda não recebeu nenhuma das informações solicitadas.


Ana Graziella ainda não entregou informações à transição de Flávio Dino


transicao
Uma semana após requerer informações ao governo Roseana Sarney, a Equipe de Transição anunciada pelo governador eleito Flávio Dino ainda não recebeu nenhuma das informações solicitadas. Os dados foram requeridos por meio de ofício entregues à atual chefe da Casa Civil pelo coordenador da equipe de governo Marcelo Tavares, em reunião no Palácio dos Leões.
A lista de pedidos inclui dados sobre a atual situação administrativa e financeira do Estado, sobre os orçamentos de 2013 e 2014, relatório da Lei de Responsabilidade Fiscal de 2014, dívida pública do Estado, bem como sobre os principais programas e obras executados por cada secretaria.
Todos os documentos são fundamentais para que o próximo governador e sua equipe conheçam a fundo a máquina administrativa. Saber sobre a folha de pagamento, a estrutura dos órgãos administrativos e dos contratos vigentes a partir de 2015 será fundamental para que a população maranhense não seja atingida com a troca de Governo.
A ideia da equipe de transição do governador eleito pretende ter acesso à real situação do governo, a fim de planejar primeiros dias de governo sob nova administração.
A contar pelas declarações dos dois coordenadores da transição, Marcelo Tavares (designado por Flávio Dino) e Anna Graziella (representando Roseana Sarney), a transição será feita de forma democrática. Graziella declarou, inclusive, que pretende estabelecer procedimentos mais transparentes possíveis.
Mas, por enquanto, vai ficando só nas declarações…

A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Maranhão promoveu abertura de crédito suplementar R$ 272.500,00 para reforço da dotação orçamentária no pagamento de auxílio moradia.



Assembleia tira mais R$ 200 mil da manutenção para pagamento de auxílio moradia


deputados estaduais maranhao
A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Maranhão promoveu abertura de crédito suplementar R$ 272.500,00 para reforço da dotação orçamentária no pagamento de auxílio moradia.
Os recursos para atender o auxílio moradia dos deputados foram retirados da manutenção de serviços administrativos.
A resolução administrativa 516/14, que autoriza a abertura de crédito suplementar, foi assinada na última quinta-feira (16) e publicada em Diário suplementar no mesmo dia.
Os deputados maranhenses recebem mensalmente R$ 2.250,00, exceto dois deputados que optaram por não receber o benefício. Rubens Júnior e Bira do Pindaré não recebem o auxílio.

Professor da rede municipal de ensino em sua página no facebook mostra a realidade da educação na comunidades de Tutóia



A educação no Maranhão sendo mostrada nas cidades dos interior do Estado



Professor Ricardo Ramos, do ensino fundamental em uma das comunidades de Tutóia, REMANSO, há 12 kg, do município, mesmo com as dificuldades e sem estrutura de sala de aula, é mais um dos polivalentes profissional que tem a coragem de mostrar as realidades que deveria ser vista pelo PODER PÚBLICO, como prioridade desse município, que é a educação mas não é o que parece de acordo com as imagens da semana e de outras comunidades.

Ainda existentes em vários povoados escolas criadas pela própria comunidade há anos deixaram de receber incentivos e apoio da PREFEITURA MUNICIPAL, dificultando a vida e das comunidades que precisam  deslocarem alguns alunos para outros povoados. Sem alimentação, sem transportes, sem material didático, escolas sem reformas, sem aplicação do caixa escolar corretamente devido as inadimplências, o quadro real é visível em todos os povoados de Tutóia, basta visitar pra ser constatado o caos tanto nas escolas do município, como as criadas pelas comunidades.

Veja agora algumas imagens por falta de compromisso com a educação desse município. 

         Sala de aula no povoado Remanso, há 12 km de Tutóia
                                    Professor Ricardo Ramos, em sala de aula ensino fundamental
              Realidade da abandonada escola criada pela comunidade de Anajá-Tutóia-Ma, em 2013
                                Crianças e suas realidades na educação no município de Tutóia
             Banheiro externo encontrado em 2013, quando o sindicato realizava ação social em algumas comunidades em homenagem ao dia 12 dia da criança.

O Maranhão lidera o ranking dos 20 municípios brasileiros com maior dependência de transferência financeira do principal Programa Social do Governo Federal, o Bolsa Família.



Veja abaixo a lista completa de municípios mais dependentes do Bolsa Família no país
Bolsa Família
O Maranhão lidera o ranking dos 20 municípios brasileiros com maior dependência de transferência financeira do principal Programa Social do Governo Federal, o Bolsa Família.
Para escolher os beneficiários que terão direito ao Bolsa Família o Governo Federal leva em consideração a situação de vulnerabilidade social das famílias com renda per capita inferior a R$ 70,00 mensais que estão, portanto, abaixo da linha da pobreza. No Maranhão, mais de 900 mil famílias tem direito ao benefício, o que alcança pelo menos 4 milhões de pessoas num Estado que possui 6, 5 milhões de habitantes.
Segundo dados do Governo Federal, o município de Junco do Maranhão é o segundo do país com maior percentual de beneficiários do Programa, atingindo R$ 72,54  por habitantes e ficando à frente apenas de Algodão de Jandaíra, na Paraíba. Outros 10 municípios maranhenses aprecem na lista, totalizando 11 cidades no Estado, contra quatro do Piauí, três de Alagoas, um do Pará e um da Paraíba.
Sempre vale lembrar que o Maranhão possui o segundo pior IDH do país, índice que mede a qualidade de vida da população, o que está diretamente relacionado à  qualidade oferta de serviços públicos  para melhoria da renda, educação, saúde e saneamento básico. Lígia Teixeira.

Marcelo Tavares diz que é altíssimo a dívida deixada pelo governo atual



Marcelo Tavares (PSB), declarou que o pedido de empréstimo, do governo junto ao BNDES é  ilegal!






O deputado Marcelo Tavares (PSB), futuro Secretário  Chefe da Casa Civil do governo Flávio Dino,  concedeu uma preocupante entrevista  à TV Brasil na manhã de ontem segunda-feira (20). Segundo Tavares, o nível de endividamento do governo do Estado do Maranhão  hoje é “altíssimo”. Ainda segundo Tavares é preocupante também as muitas obras inacabadas que o futuro governador herdará.
O governo Roseana Sarney contraiu cerca de R$ 7 bilhões em empréstimos junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).  Ainda em 2012, quando era líder da oposição Oposição, o deputado Marcelo Tavares (PSB), declarou que o pedido de empréstimo, do governo junto ao BNDES era  ilegal. Ele argumentou que a lei estabelece limites para o endividamento, de modo que nenhum Estado da Federação pode comprometer mais do que 16% da receita corrente líquida em dívidas, caso do Maranhão.
Uma parte dos recursos dos empréstimos do BNDES já foi aplicada na construção de obras no Estado, mas muitas delas não foram concluídas e terão que contar com aditivos extras para que sejam entregues à população.
Segundo Marcelo Tavares o futuro governo não descarta a possibilidade de  realização de auditorias em licitações, contratos em andamento e aplicação do verbas públicas no Governo que finda em dezembro. “O que queremos neste momento é ter informações necessárias para fazer a máquina pública funcionar bem a partir de janeiro”, disse.
Até o momento, o governo do Estado não repassou as informações solicitadas pela equipe de transição sobre a realidade financeira e administrativa do Maranhão. Informações. Lígia Teixeira.