sexta-feira, 29 de maio de 2015

PRIMEIRO SEMINÁRIO DO CONSELHO DA COMUNIDADE DA COMARCA DE TUTÓIA. É HOJE!



Conselho da Comunidade




Estará sendo realizado hoje pela manhã das 08:30hs, às 17:00hs. no Local: SALÃO PAROQUIAL DA IGREJA CATÓLICA - Praça Getúlio Vargas - Centro de Tutóia-Ma, o PRIMEIRO SEMINÁRIO DO CONSELHO DA COMUNIDADE DA COMARCA  DESSE MUNICÍPIO.

O evento está previsto a presença com palestras de Desembargadores, Promotores de Justiça, Juízes, Assistentes Sociais, além de outros convidados. Câmara Municipal de Tutóia, Instituições religiosas, Instituições Filantrópicas, e Sociedade, Poder Executivo.

Na oportunidade será feito pré-cadastramento de Instituições, que serão parceiras em alguns projetos sociais a serem desenvolvidos nas comunidades.


Participe



Cordialmente; CONSELHO DA COMUNIDADE DA COMARCA DE TUTÓIA



quinta-feira, 28 de maio de 2015

Vídeo de um sobrevivente da chacina de São José de Ribamar - Ma



CHACINA DE PANAQUATIRA: Sobrevivente conta como escapou da morte



Relembre o caso
Na noite do dia 23, um grupo de amigos participava de uma comemoração numa casa alugada na Praia de Panaquatira quando foi surpreendido por bandidos armados. O policial militar Max Muller Rodrigues de Carvalho, de 27 anos, reagiu e trocou tiros com os invasores.
Na ocasião morreram o PM Max, a estudante de Poção de Pedra Ananda Brasil, o produtor musical corretor Alexandro Carvalho, o ‘Cachorrão’, o suspeito Josinaldo Aires da Costa, o ‘Nau’, e um segundo suspeito da chacina, que ainda não foi identificado. Mais três pessoas da festa foram baleadas por criminosos.
Prisões
Na quarta-feira (27), a Justiça expediu dez mandados de prisão de suspeitos de envolvimento na chacina, entre eles, das esposas de dois bandidos o ‘Dentinho’ e o’Bodinho’, que conseguiram escapar. As mulheres foram presas. Na casa de um deles foram apreendidos vários objetos roubados em outros assaltos na região.
O líder do bando chama-se Marinaldo que mora numa casa na praia de Panaquatira e tem barcos usados em assaltos e tráfico de drogas.
A polícia constatou a participação da caseira identificada como Joseane Aires como informante da quadrilha. Ela é irmã de Josinaldo Aires, um dos bandidos que morreu em confronto com a polícia.
Antes e depois da chacina de Panaquatira
Antes e depois da chacina de Panaquatira
Um dos sobreviventes da chacina ocorrida numa casa de praia em Panaquatira, em São José de Ribamar, no último sábado (23) contou como conseguiu escapar da morte.
À reportagem da TV Mirante, uma das vítimas da chacina contou que teve que fingir que estava morta para se salvar dos bandidos. O sobrevivente ficou com uma bala alojada na cabeça e não consegue esquecer os momentos de terror que viveu na casa no dia da tragédia.
Informações: Minard

Educação indígena no Maranhão apresenta avanços no governo do Estado


Maranhão da Gente


indigena
O governo Flávio Dino estabeleceu, desde o início da gestão, um canal de diálogo permanente com os povos indígenas do Maranhão. Para atendimento às demandas das comunidades indígenas constituiu, no âmbito do Estado, uma ampla comissão envolvendo os setores de Educação, Saúde, Direitos Humanos, Infraestrutura, Igualdade Racial, Agricultura e demais órgãos da administração estadual. No campo da Educação Escolar Indígena, por várias vezes, o Governo do Estado já recebeu comissões de lideranças indígenas, ouviu as reivindicações, encaminhou soluções adotando todas as medidas para resolver os problemas das escolas e continua aberto ao diálogo.
Nesta semana, técnicos da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), atendendo reivindicações das lideranças indígenas, estão realizando, na Região de Grajaú, um levantamento nas aldeias onde há solicitações para criação de escolas e novas turmas e, também, averiguar a situação de 21 escolas paralisadas em gestões anteriores, conforme o Censo Escolar 2014.
Entre os avanços já concretizados na educação, a partir do diálogo com os povos indígenas estão, a reestruturação da rede física, com entrega de três escolas que foram reformadas e ampliadas, nas comunidades indígenas das aldeias Rio Corda (Escola Indígena Manoel Assis Cruz – Tuxauhu) e Patizal (E.I Juliana Rodrigues Guajajara), ambas na Regional de Barra do Corda; e a escola El Pyr Creh Creht, na Aldeia Riachinho, em Amarante, onde também foi inaugurada, na aldeia Água Viva, a escola Crow Cu. Outras duas escolas estão prontas para serem entregues na Regional de Barra do Corda , uma reformada e ampliada e outra escola nova, além de uma em Amarante.
Além disso, dentro do Programa ‘Escola Digna’, macropolítica de educação da gestão Flávio Dino, serão construídas 53 novas escolas em áreas indígenas, cujas obras serão iniciadas ainda este ano. O Governo do Estado também já publicou no Diário Oficial, do dia 15 de maio, o decreto que regulamenta e implanta 289 Escolas Indígenas, que não eram legalmente criadas e reconhecidas.
“Nossa gestão está pautada em princípios que incluem o respeito à diversidade, com ações que seguem as orientações contidas nas Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Escolar Indígena”, destacou a Secretária de Estado de Educação, Áurea Prazeres.

Flávio Dino recebe prefeitos de 14 municípios


Maranhão da Gente

Quatorze gestores de municípios do médio sertão maranhense foram recebidos na sede do Governo do Estado na tarde de quarta-feira (27), pelo Governador Flávio Dino. Durante a reunião os prefeitos apresentaram pleitos na área de infraestrutura, saúde e saneamento básico, e alguns investimentos foram prontamente garantidos pelo governador.
Outras temáticas foram abordadas durante a reunião, pleitos considerados justos pelo governador. Entre as reivindicações, além de conclusão de pavimentação urbana e expansão da malha rodoviária, garantidas com o Programa ‘Mais Asfalto’, o governador Flávio Dino acenou de forma positiva para a melhoria da rede de atenção a saúde no que se refere à média e alta complexidade e para o abastecimento de água e saneamento básico nas cidades do médio sertão maranhense.
Foto4_NaelReis - Governador Flávio Dino recebe prefeitos do médio sertão
Durante o encontro, o governador Flávio Dino reafirmou a postura que será mantida durante os próximos quatro anos, garantindo aos prefeitos que do ponto de vista administrativo o Governo do Estado agirá em todos os municípios que apresentem projetos. Os gestores municipais tem sido recebidos, sistematicamente, pelo secretário de articulação política, Márcio Jerry, e pelo chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares.

XVIII marcha em Brasília Glalbert e Gil Cutrim estão participando da Marcha em Defesa dos Municípios



Glalbert Cutrim defende modificação do pacto tributário imposto aos municípios


 Glalbert e Gil Cutrim estão participando da Marcha em Defesa dos Municípios.
Glalbert e Gil Cutrim estão participando da Marcha em Defesa dos Municípios.
O deputado Glalbert Cutrim (PRB) defendeu ontem quarta-feira (27), durante o segundo dia de programação da XVIII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, a modificação do pacto federativo e tributário injusto imposto pela União as cidades brasileiras, em especial as do Maranhão.
O evento organizado pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), com o apoio da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM), está acontecendo no Centro Internacional de Convenções, na capital federal, e reúne milhares de gestores públicos de todo o Brasil. A caravana organizada pela FAMEM é composta por mais de 70 prefeitos e prefeitas de várias regiões do estado.
“Do bolo da arrecadação total do país, a União abocanha praticamente tudo, deixando pouco ou quase nada para os municípios, onde tudo acontece e onde as pessoas vivem. É necessário que este pacto federativo e tributário injusto seja readequado de forma urgente sob pena de muitos municípios quebrarem financeiramente”, afirmou o parlamentar, que é um dos representantes da Assembleia Legislativa do Maranhão na Marcha.
Além de participar dos debates da programação do evento municipalista, Glalbert Cutrim, acompanhado do presidente da FAMEM, prefeito Gil Cutrim (São José de Ribamar), esteve reunido com representantes da Bancada Maranhense em Brasília, aos quais solicitou empenho para que os municípios sejam beneficiados com outras medidas que necessitam ser aprovadas no Congresso Nacional, dentre elas necessidade de consulta aos municípios antes da aprovação de leis e emendas com impactos financeiros diretos nas prefeituras; fim da situação anticíclica do Fundo de Participação dos Municípios (FPM); extinção do Pasep; atualização da planta genérica do Imposto Territorial Urbano (IPTU); isenção de impostos para aquisição de bens e serviços por parte das prefeituras; e a atualização dos programas federais pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).
“Sou um deputado municipalista, que sempre está mantendo contato direto com os gestores e com a população. Conheço as dificuldades financeiras vividas, hoje, pelos municípios e, por este motivo, sempre trabalharei para que as cidades sejam fortalecidas”, finalizou.

Deputados aprovam fim da reeleição para presidente, governador e prefeito





Antes, Câmara aprovou doação de empresas a partidos, não a candidatos. Texto completo da reforma política ainda terá que ser votado em 2º turno.

Do G1, em Brasília

A Câmara dos Deputados aprovou na noite de ontem quarta-feira (27), por 452 a favor, 19 contra e uma abstenção, o fim da reeleição para presidente da República, governador e prefeito. A votação foi parte da série de sessões iniciada nesta semana, destinada à apreciação das propostas de reforma política.
O texto do fim da reeleição, de autoria do relator, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), não altera o tempo atual de mandato (quatro anos), mas, nesta quinta-feira (28), o plenário analisará a ampliação da duração do mandato para cinco anos. Antes de votar o fim da reeleição, os deputados rejeitaram nesta quarta o financiamento exclusivamente público das campanhas e aprovaram a doação de empresas a partidos, mas não a candidatos.
A proposta de emenda à Constituição da reforma política começou a ser votada no plenário nesta terça (26). Por decisão dos líderes partidários, cada ponto da PEC, como o fim da reeleição, será votado individualmente, com necessidade de 308 votos para a aprovação de cada item. Ao final, todo o teor da proposta de reforma política será votado em segundo turno. Se aprovada, a PEC seguirá para análise do Senado.
Fim da reeleição

Pelo texto aprovado pelos deputados, a nova regra de término da reeleição não valerá para os prefeitos eleitos em 2012 e para os governadores eleitos em 2014, que poderão tentar pela última vez uma recondução consecutiva no cargo. O objetivo desse prazo para a incidência da nova regra foi obter o apoio dos partidos de governantes que estão atualmente no poder.
Durante a votação em plenário, os líderes de todos os partidos orientaram que os deputados das bancadas que votassem a favor do fim da reeleição.
“O entendimento da nossa bancada é que [a reeleição] foi um instrumento que não se mostrou produtivo para o nosso país”, disse o líder do PMDB, Leonardo Picciani (RJ).
Também defensor do fim da reeleição, o líder do Solidariedade, Arthur Maia (BA), argumentou que o uso da máquina pública pelo governante que está no poder torna desigual a disputa com outros candidatos.
“É desigual e injusto alguém disputar eleição contra o governante que está no poder com todos os favorecimentos que este poder proporciona”, discursou.
O líder do PT, Sibá Machado (AC), defendeu o fim da reeleição, com a manutenção do mandato de quatro anos.
“Nossa bancada vai orientar o voto sim, pelo fim da reeleição. Todos nós sabemos que a reeleição foi introduzida por um governo do PSDB”, declarou.
O PSDB também defendeu acabar com a possibilidade de reeleição, ressaltando porém, que essa regra “cumpriu o seu papel histórico”.
“A avaliação da bancada é que devemos caminhar para um novo ciclo, pelo fim da reeleição com mandato de cinco anos. Amanhã [quinta[, discutiremos o período do mandato”, disse o deputado Marcus Pestana (PSDB-MG).

Financiamento

Mais cedo, nesta quarta, a Câmara aprovou incluir na Constituição autorização para que empresas façam doações de campanha a partidos políticos, mas não a candidatos. 
As doações a candidatos serão permitidas a pessoas físicas, que poderão doar também para partidos. O texto foi aprovado por 330 votos a favor e 141 contra.
No início da madrugada de quarta, o plenário havia rejeitado emenda de autoria do PMDB que previa doação de pessoas jurídicas tanto a partidos quanto a campanhas de candidatos.
A derrubada dessa emenda foi interpretada por lideranças políticas como uma derrota do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e do vice-presidente Michel Temer, que negociaram pessoalmente a votação do artigo da PEC.
O PMDB, então, se empenhou para aprovar, pelo menos, uma emenda que garantisse a doação de empresas aos partidos políticos.
Outras siglas da base aliada e da oposição defenderam a proposta, como o PR. “Esse é o texto mais equilibrado que temos. Impede a doação a varejo aos candidatos, mas permite a doação aos partidos. Posteriormente as leis estabelecerão limites a essas doações”, disse o líder do PR, Maurício Quintella Lessa.
O PT, porém, favorável ao financiamento exclusivamente público, se posicionou contra. O vice-líder do partido Alessandro Molon (PT-RJ) defendeu a derrubada da emenda para que se negociasse, posteriormente, uma solução em projeto de lei que garantisse maior “equilíbrio” na distribuição de recursos de campanha.
“Se derrotarmos, teremos tempo para conseguir uma solução para todos nós. Hoje, pela regra, qualquer um de nós pode receber, partidos e candidatos. Se essa emenda for aprovada, só os partidos poderão receber recursos. Vamos encontrar uma solução que estabeleça uma distribuição equânime”, defendeu.

quarta-feira, 27 de maio de 2015

Inscrições do Concurso de Paulino Neves-Ma






INSCRIÇÕES SE INICIAM SEGUNDA 01/06 E VÃO ATÉ 30/06 


Vagas para os níveis:  Fundamental, Médio e Superior.


Vagas


Engenheiro Agrônomo, Farmacêutico Bioquímico, Professor áreas especificas (português, matemática, geografia, ciências) Professor Nível I, agente administrativo, Guarda Municipal, Analista Ambiental, Técnico em Laboratório e Motorista.



As  inscrições serão realizadas no site da  Consulpam Consultoria, empresa responsável pelo certame clicando neste endereço  http://www.consulpam.com.br/