quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Aírton do Chico Elias concede um trecho de sua entrevista ao blog ontem quinta-feira(30)

                                       Um dos pré-candidatos a prefeito que lidera nas intenções de votos na primeira enquete na rede social concede entrevista ao blog nesta quinta-feira, em seu escritório de advocacia!

Entrevista com Aírton do Chico Elias

Durante algumas semanas por ter sido um dos nomes muito comentado entre os quatorze pré-candidatos a prefeito de Tutóia, nesta quinta-feira, Aírton do Chico Elias, como é popularmente conhecido resolveu dá uma entrevista ao Blog.

O blog. Perguntou como conseguir associar duas principais funções a serviços da sociedade como bancário e advogado?

. Disse que a população só tem a ganhar com suas duas profissões no expediente de segunda a sexta. Sua escolha na carreira de advogado é contribuir com aqueles(as) famílias que não podem contratar um defensor público. Durante seu período de faculdade de direito contava os meses do ano para concluir sua formação.

O blog. Como diferenciar o público da consulta jurídica para o cliente do BB onde presta serviços?

. É fácil quando os bancos de escolas públicas e particulares nos direcionam para a formação cidadã quando pensamos em atingirmos uma meta e seus objetivos. Diante de tudo isso tem me tornado uma pessoa de bons relacionamentos com meu público da consulta jurídica e aqueles que procuram os serviços BB.

O blog. Qual a sensação de ouvir seu nome entre os fortes a ser cogitados entre os quatorze pré-candidatos a disputar a próxima eleição municipal de 2016?

. Tutóia, vive seu bom momento nas disputas dos formadores de opiniões e bastidores com a prática tradicional e de algumas política restritas mas o gelo está se quebrando aos poucos com aquela política do toma lá da car. Afirmou Aírton. 

O blog. Como você avalia o atual governo, onde prestava serviços até pouco tempo  como assessor jurídico?

. Boa pergunta,  Sr. Blogueiro, minha vida foi sendo construída vendo meus pais contribuindo no processo da política sempre da minha região e não poderia deixar aqui nesta entrevista de homenagear-los, meus pais que são os grandes responsáveis pelos meus projetos de vida e de formação cidadã ao lado dos meus irmãos, um vereador atual  e duas advogadas,  que também seguem o processo da política. O rompimento das alianças sempre tem sido de forma respeitosa quando tentamos mostrar e contribuir em nome da sociedade principalmente com as comunidades que moram meus pais e familiares.  Mas buscamos os melhores caminhos do entendimento quando resolvemos apoiar grupos que trilhar em prol das famílias tutoienses.

O blog. Você já disponibilizou seu nome como pré-candidato a prefeito de 2016, qual sensação da primeira experiência em está liderando a enquete com quatorze pretendentes pré-candidatos?

. Esse é um processo natural e democrático onde a rede social é um campo aberto para as pessoas optarem, sugerirem e reverem seus conceitos em uma eleição que ainda restam dois anos para as disputas. Mas tenho um grande respeito com os demais pré-candidatos hoje seus aliados e da oposição do grupo que hoje segue em Tutóia, da oposição.

O blog.  Se você for o escolhido do grupo e aprovado pela aceitação popular o principal candidato, da oposição pretende convidar o segundo votado na pesquisa para ser seu vice, ou aguardará o consenso do grupo?

. Tudo será conduzido com inteira transparência e aprovado pelo grupo dentro do processo da nossa democracia.
Afirmou Aírton do Chico Elias, ontem quinta-feira(30)

Chico Elias, Levy Pontes(deputado), Pedro Agripino, "Aírton do Chico Elias"



Saúde de Tutóia nada mudou após a visita do profissão repórter duas vezes



Vídeo/Saúde e omissão

Quem necessita dos serviços públicos de saúde, na cidade de Tutóia, com  uma população com mais de 60 mil habitantes, falta médico, ambulância, remédios na farmácia básica, treinamento com os profissionais da saúde, pacientes são removidos para cidade de Parnaíba-Piauí, sem ter a certeza do seu atendimento em caso de alta complexidade.

O crescimento do nepotismo tem sido nos últimos seis anos as maiores dificuldades da população talvez em reivindicar pelos melhores serviços prestados na saúde pública do município. Revendo a reportagem do PROGRAMA PROFISSÃO REPÓRTER DA REDE GLOBO, pouco mudou, basta visitar para ser comprovado. Surge a esperança no Maranhão de um novo eleito governador, que em visita na cidade durante seus compromissos de campanha afirmou em estruturar os hospitais do baixo-parnaíba, e criar um grande Centro de saúde regional para atender a demanda das cidades vizinhas.

A cidade de Tutóia, da forma que comprovou as duas reportagens ficou comprovado falta de gestão com a máquina pública. Vídeo para rever que pouco mudou.

Outro momento da reportagem mostrou o hospital que seria uma referência na cidade de PAULINO NEVES, construído pelo governo ROSEANA SARNEY, com o mínimo de estruturas hospitalar. O Estado não tem dado assistência com o grande poste que foi criado o hospital. Com o mínimo gerenciado pela PREFEITURA DE PAULINO NEVES,  a população tem reconhecido a responsabilidade que deixou de fazer o Estado com a saúde pública nos últimos anos.



Roseana omite informações sobre precatórios, convênios, contratos e folha de pagamento, diz Comissão de Transição



Chefe da casa civil do novo governo acompanha a transição que não atinge as expectativas!


As informações enviadas à Equipe de Transição de Flávio Dino não corresponderam às expectativas. Esta foi a avaliação do deputado Marcelo Tavares – coordenador da Equipe de Transição de Flávio Dino e próximo chefe da Casa Civil do Maranhão.
Após mais de 15 dias de espera desde o primeiro encontro entre a equipe de Flávio Dino e a representante do governo Roseana Sarney, Anna Graziella, os membros do atual governo enviaram a Marcelo Tavares os documentos solicitados em ofício entregue pelo deputado no dia 14 de outubro.
Para planejar os primeiros dias do próximo governo e evitar imprevistos administrativos, a Equipe de Transição designada por Flávio Dino requereu a Anna Graziella uma série de documentos que têm por objetivo fazer uma transição republicana e ordenada entre o atual e o próximo governo.
No entanto, somente nove de um total de 32 solicitações foram entregues na manhã desta quinta a Marcelo Tavares pela equipe de Roseana Sarney. O deputado afirmou em entrevista que o material era insuficiente e a maior parte dele está disponível publicamente.
“Esses documentos são de acesso público e nós já o tínhamos nos nossos trabalhos. Continuamos aguardando que o atual governo colabore com um trabalho que beneficiará a todo o povo do Maranhão”, disse. Para ele, é hora de dispensar as opções políticas e fazer com que as equipes trabalhem de forma colaborativa.
Dados importantes como a folha de pagamento do Estado, a execução orçamentária atual, informações sobre contratos, convênios, precatórios, demonstrativo de obras e as ações prioritárias de cada pasta não foram repassados à equipe do próximo governo. Informações Luis Cardoso.

Deputado Bira do Pindaré é nomeado secretário de ciência e Tecnologia e Ensino Superior


Flávio Dino anuncia Bira do Pindaré na Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior



Informações Neto Ferreira
O governador eleito, Flávio Dino (PCdoB), anunciou há pouco o deputado estadual eleito, Bira do Pindaré (PSB), como o novo secretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. O parlamentar é professor e Mestre em Politicas Publicas.
Na equipe de governo, o comunista já anunciou dois integrantes do PSB, a exemplo do deputado estadual Marcelo Tavares, que será o Chefe da Casa Civil.
Na manhã desta quinta-feira (30), Dino também revelou o próximo secretário de Saúde do Estado, o médico Marcos Pacheco. Ele é funcionário público egresso da FUNASA cedido ao município de São Luís. Mestre e doutor em Políticas Públicas pela UFMA, é também bacharel em Direito.

Mais dois secretários de estado é anunciado pelo governador Flávio Dino



Nomeados pelo eleito governador Flávio Dino

A esquerda Francisco Gonçalves, novo secretário da Secretaria de Direitos Humanos e Participação Popular e a direita o médico sanitarista Marcos Pacheco, novo Secretário de Saúde.

A esquerda Francisco Gonçalves, novo secretário da Secretaria de Direitos Humanos e Participação Popular e a direita o médico sanitarista Marcos Pacheco, novo Secretário de Saúde.
Mais dois secretários foram anunciados por Flávio Dino para o governo que será iniciado no dia 1º de janeiro. O próximo secretário de Saúde será o médico Marcos Pacheco. Já para a Secretaria de Direitos Humanos e Participação Popular o escolhido será o professor Francisco Gonçalves. Os anúncios foram feito através das redes sociais 

FRANCISCO GONÇALVES

O docente é conhecido pela forte atuação junto aos movimentos sociais. Esta secretaria será responsável por conduzir as políticas sociais para melhoria do Índice de Desenvolvimento Humano, a implantação do orçamento participativo e da atuação dos conselhos nas ações do Poder Executivo.
Francisco deixará a Fundação Municipal de Cultura (Func) para assumir o posto.

MARCOS PACHECO

O médico sanitarista Marcos Pacheco (UFMA / FioCRUZ) é funcionário público egresso da FUNASA cedido ao município de São Luís. Mestre e doutor em Políticas Públicas pela UFMA, é também bacharel em Direito.

Foi deputado estadual pelo PDT na legislatura de 1995-1999. Marcos Pacheco ocupou diversos cargos de gestão no Estado. Entre eles, o de secretário adjunto de Ações e Serviço de Saúde de São Luís; superintendente de Educação em Saúde e Gestão do Trabalho.

Professor universitário, é coordenador pedagógico do curso de Medicina e leciona no mestrado de Gestão em Serviços e Programas de Saúde da Universidade CEUMA, com foco em planejamento e gestão estratégica.
Informações Imparcial

Blogueiro "Neto Pimentel" lança enquete na rede social para prefeito em 2016



Enquete terá resultados nas próximas semanas para as intenções de votos aos pré-candidatos a prefeito para 2016, no município de Tutóia!



O descrédito dos políticos é real no Brasil, e no município de Tutóia, o quadro político hoje é crescente de nomes que já apontam como pré-candidatos a 2016. Será uma das mais difícil eleição no município, onde as maus gestões hoje é bem notório nos últimos anos. 

Quatorze pré-candidatos testarão seus nomes para o eleitorado tutoiense avaliar nos próximos dois anos, onde os bastidores cogitam a sobrevivência de três grupos. 

Veja um pequeno gráfico abaixo dos grupos de acordo com o reflexo da política local e os nomes

. Primeiro grupo do atual gestor;
. Segundo grupo, Chico Canavieira;
. Terceiro grupo formado pela Câmara Municipal(vereadores da oposição).

Será uma das maiores disputa de sua história diante dos últimos seis anos de dezenas irregularidades constatadas pela justiça e sentenciada. Agora surge várias indicações para o povo avaliar quem se encaixará no caminho por uma mudança com uma população de 60 mil habitantes.

A participação da enquete criada pelo blogueiro NETO PIMENTEL, será um dos primeiros avaliativos entre os pré-candidatos e eleitores.

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Vereador volta afirmar que mandato de opositor é apenas um bico



Sessão acirradas nesta quarta-feira(29),a flor da pele com as provocações vereadores da base do governo e da oposição!



A transcrição da ATA, e da leitura feita nesta quarta-feira, pela vereadora e secretária da mesa Maria do Carmo, foi acatada após a determinação da justiça na pessoa do Dr. Rodrigo Terças, da comarca de Tutóia. A mesma seria lida ainda em Setembro deste ano que objetivou a realização da ELEIÇÃO, do dia 21/05/2014, onde concorreu duas chapas e sendo a vencedora a da oposição que foi formada pelos seguintes vereadores, alguns ex. aliados do governo.

Vereadores das duas chapas que sucedeu a guerra desde a eleição. "oposição e situação"

. Zé Orlando, Cristian Noronha, Binha, Elias do Chico Elias, Antonio Chico(eleito presidente para o biênio 2015/2016) e Pedro Agrepino, Jean de Seriema.

. A outra chapa foi formada pelo governo com os vereadores. Paulo Roberto, Enilson Santos, Rafael do São Bento, Zé de Mar, Alexandre Baquil, Maria do Carmo.

O clima iniciou quente quando Cristian Noronha, associou chefões indígenas as decisões feita somente por ele mesmo, sem citar nomes na plenária, enfatizou que quiseram lhe derrubar seu mandato, ou seja não queria acreditar que no parlamento pudesse existir índio Pajé... sua formação de sociólogo convivendo alguns meses entre tribos indígenas talvez possa ter tido suas saudades primitivas. Foi assim um ponto de sua fala na plenária da Câmara Municipal.

Logo em seguida dirigindo a palavra "Cristian Noronha" ao vereador Alexandre Baquil, deixou claro que as perseguições que tentam com sua pessoa, ainda verá de lhe ver a partir de janeiro 2015, na cadeira de baixo sem o assento de presidente. Meio surpreso com as declarações Alexandre Baquil, se titulou afirmando por ter sido o vereador mais votado, tinha orgulho  de sentar hoje ou amanhã, na cedeira debaixo e voltou a relembrar dizendo que o vereador Cristian, usa seu mandato como um bico, afirmou Alexandre. Se percebe nos últimos meses que as sessões já perdeu o tom democrático que poderia ser assistido por um povo, mas não é o que se assiste durante as sessões.

Mas desde Maio, o Poder Legislativo perdeu-se suas harmônias durante os debates e discussões enquanto os projetos de lei deixou de ser prioridade devido a briga do trono que terá seu futuro sucessor já eleito para 2015/2016. Vejamos agora o que gerou no parlamento municipal nesses últimos meses desde a ELEIÇÃO ANTECIPADA, vencida pelo grupo da oposição.

Várias discussões, debates fortes acirrados tem sido alguns meses com só um único objetivo pelas alternâncias do Legislativo com a cadeira de presidente. Mas a justiça tem acatado as partes diante dos impasses gerados desde a ELEIÇÃO. E nesta quarta-feira(29), acumulando diversas derrotas o grupo da base do governo que atualmente é maioria na Câmara Municipal, que aguardam a justiça do Maranhão, com futuro incerto da ELEIÇÃO, da Câmara Municipal de Tutóia, que já foi julgada seu mérito pelo Juíz da Comarca de Tutóia, Dr. Rodrigo Terças, de forma legítima.

Outro ponto favorável foi a decisão da Desembargador do TRE-Ma, Enildes de Jesus Bernardes Chaves, que negou o pedido do presidente da casa legislativa, Tutóia. E assim se aguarda outro pedido a se decidir nas próximas semanas se mantem ou não a decisão da ELEIÇÃO LEGÍTIMA.

E nesta quarta, a plenária voltou  a ter seus insultos e provocações quando o vereador da oposição Cristian Noronha(PRP), defendia sua posição das ameaças que sofreu na tentativa  extinção de seu mandato de vereador. O discurso do vereador entrou no tom elevado que tornou-se provocante para o vereador Alexandre Baquil, voltar a repetir diversas vezes na plenária que Cristian Noronha, tinha seu mandato como um verdadeiro bico. O clima ficou tenso, quando o vereador da oposição Zé Orlando, condenou veementemente as palavras de Alexandre Baquil, ao e dirigir com a frase FAZENDO BICO, ao Cristian Noronha.

Mas o esperado ainda estava por vim nesta quarta quando o vereador Alexandre Baquil, após ouvir o discurso do vereador Binha, quando na plenária dizia que a briga de poder levava para um único caminho, eram as coisas erradas neste município durante anos. Binha vereador, por não concordar com o desgoverno a atitude de seu ex. grupo recebeu de forma provocante as insinuações do presidente da casa, quando perguntou porque somente agora que reconhecia que tudo estava errado e não há seis meses atrás?

Binha, voltou a fazer uso da fala afirmando que suas palavras não voltariam atrás e reafirmou que não concordava com as práticas erradas sucessivas neste governo que não compactuava quando passou por uma pasta importante e tem a certeza que fez sua parte durante os três anos, como secretário da Secretaria de Assistência Social. Talvez isso seja a forma que o atual governo queira permanecer com as práticas erradas em todas as áreas assim foram as observações feitas nesta tarde de quarta-feira, na sessão do dia.

Repetindo as frases do vereador Alexandre Baquil, na sessão passada realmente muitas ÁGUAS VÃO ROLAR DEBAIXO DA PONTE.
                    Vereadores em debates na pauta polêmica do dia
                                      Galeria presente nesta tarde de quarta-feira, na sessão do dia